Eva : a nossa força de viver!

Lilypie Second Birthday tickers

Um bocadinho de nós!


quarta-feira, 28 de janeiro de 2009

Gravidez de risco

No passado Domingo a minha vida deu um voltface brutal... Tudo começou quando no dia 22 de Janeiro comecei a sentir contracções moderadamente dolorosas quase de hora em hora. Quando cheguei a casa tomei um buscopam e deitei-me para ver se melhorava, e melhorei! No dia seguinte acordei com os pés muito inchados e as contracções tinham voltado... Hora de ir para a maternidade. Chegando lá, encontrei a minha obstetra que estava de serviço nas urgências: fiz ecografias, exames, e no final duplicou-me a dose de magnésio e pediu para eu começar a usar uma cinta. Assim fiz. No dia 24 fui trabalhar e continuava com contracções, estava precocupada mas o Pedro tranquilizou-me dizendo que o magnésio poderia ainda não estar a fazer efeito, para aguardar mais dois dias. No Domingo, dia 25 de Janeiro, com 25 semanas e meia de gestação, tive um leve sangramento... Entrei em colapso, estava a trabalhar e a minha primeira reacção foi ligar ao Pedro para me vir buscar para irmos para a maternidade. Quando chegamos mal conseguia andar e tive de pedir uma cadeira de rodas, o cenário estava muito negro... Fui quase de imediato atendida, a médica que me assistiu foi um verdadeiro amor, um excelente exemplo de profissionalismo. Observou-me o colo do utero, fez uma analise para verificar se estaria em parto prematuro, que se desse positivo ficaria logo internada, e depois novamente uma ecografia. A Eva estava bem, com bons batimentos cardíacos, no entanto o colo do utero apesar de fechado, estava já amolecido, fruto das contracções que sentia. Do amolecimento à dilatação é um passo, pelo que a médica prescreveu-me repouso "para um dia mais tarde não se arrepender", disse ela. Fiquei triste, irritada, mas agora começo a mentalizar-me a a pensar mais positivamente. O meu objectivo é conseguir manter a Eva cá dentro o maior tempo possível para que possa nascer bem, essa é a minha única preocupação. Cada dia que passa é uma pequena vitória, e agora que tenho descansado mais as contracções são bem mais ligeiras, e o sangramento cessou. A todos os leitores deste cantinho peço que nos incluam nas vossas orações e que enviem muita energia positiva para que esta história tenha um desfecho feliz! Um grande bem hajam!

5 comentários:

Carla Nogueira disse...

MINHA QUERIDA, tenho a certeza que tudo vai correr bem. Mas vê se acalmas, sei que deste lado é fácil falar...mas enche o teu coração e pensamento com coisas boas. Da minha parte podes contar com o apoio e as preces. Beijinhooooo enormeeeee para as duas

Fogui Fogui disse...

Olá linda...

Claro que sim, todos os nossos bons pensamentos estão ctg... Ficamos todos muito tristes quando soubemos a noticia mas agora é animar e bola para afrente e tentar que essa pekeruxo fike aí no quentinho durante muito mais tempo... Assim gorduchinha... Até porque ta muito mau tempo para ela vir cá fora... Vá eva porte-se bem, a tia ver ta a mandar... :)

Bjinhos pos papás e pa eva

Qualquer coisa é só contactar o lugar do custome...

Sofia disse...

Sofia,
Costumo passar pelo teu cantinho muito discretamente pois nem sempre costumo deixar mensagens. Contudo desta vez é doferente pois é importante que saibas que estou a torcer por ti. Vais ver que a pequenita vai ficar no forninho até ao final e vai correr tudo muuuuuito bem.
Uma grande beijoca e vê se apareces mais vezes.

Marisa disse...

Minha querida, tudo vai correr bem, vais ver!
A Eva só está ansiosa por ver os papás ;). Mas se Deus quiser vai esperar até aos 9 meses.

Beijinhos

Anónimo disse...

Relax, take it easy





Daniel